O que você quer encontrar?

Compartilhe no Twitter!

Traduza essa página !!

21 fevereiro 2011

Linguagem lúdica X linguagem verbal




Existe uma diferença básica entre a psicoterapia de adultos e a psicoterapia de crianças: na criança, observamos um predomínio da linguagem lúdica em detrimento da linguagem verbal, o que torna bastante difícil, senão impossível que se trabalhe com elas baseado naquilo que  dizem, verbalmente, pois essa não é sua  linguagem predominante.

Tal fato nos impõe a seguinte questão: em que vai incidir a intervenção terapêutica na psicoterapia de crianças? E a resposta para essa pergunta é simples: a intervenção do psicoterapeuta se dá no próprio brincar da criança.

É na linguagem do brincar que o psicoterapeuta vai encontrar a criança, uma vez que é na linguagem do brincar que ela vai se expressar, se comunicar, interagir conosco e com o mundo.

Esse predomínio da linguagem lúdica, portanto, traz implicações tanto nos recursos quanto nas técnicas que vamos utilizar e, conseqüentemente, na própria postura do psicoterapeuta.

Se a linguagem predominante é a do brincar, utilizaremos recursos lúdicos como meios facilitadores da comunicação e da expressão; e a partir das atividades desenvolvidas com esses recursos, o brincar propriamente dito, utilizaremos técnicas que tem por objetivo desenvolver, ampliar, esmiuçar, elaborar, desvelar, aquilo que a criança traz por seu intermédio.

Portanto, o brincar da criança é o centro da terapia; crianças brincam em terapia e, com isso, não estão perdendo tempo ou gastando o dinheiro dos pais. É assim que ela mostra quem é, suas limitações e possibilidades em um dado momento.

Isso demanda do psicoterapeuta uma postura e uma disponibilidade bastante diferente do trabalho com adultos e mesmo com adolescentes: entrar na linguagem lúdica, conhece-la e utiliza-la para suas intervenções. 

As crianças nos ensinam que a capacidade de criar, com os recursos que temos a cada momento, é o motor de uma existência que é construída sempre no presente.

 



"Basta imaginar e ele está partindo
sereno e lindo
se a gente quiser, ele vai pousar,,,"
...
Bom dia e boa semana a todos!!!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante! Deixe aqui suas impressões e duvidas!

Qual é o seu maior desafio como psicoterapeutas de crianças?

Você faria um curso on line com o GT com crianças?